quinta-feira, 1 de março de 2018

Não consigo entender...

Enquanto vivemos no nosso mundinho cheio de luxo e de bens que pouco valorizamos como a liberdade e o acesso a bens diversos de alimentação, saúde e educação por este mundo fora existe tanto sofrimento, injustiça e dor que às vezes penso que nos queixamos demais, fazemos pouco ou nada pelos outros (que estão ao nosso alcance e que sofrem) e viramos a cara e o coração a esta dura realidade. Estas vitimas de guerra sentem, amam e têm medo como nós... como os nossos filhos.
Sentimos impotência, pequenez, às vezes futilidade mas pelo menos que nos faça pensar mais sobre o que andamos cá a fazer, sobre os valores que incutimos aos filhos e que seja também um alerta para sermos mais sensíveis ao outro que está perto e que também precisa de nós.
À noite na minha cama quentinha fecho os  olhos e penso neles...
peço a Deus para que isto termine rápido, que a ajuda chegue aos que precisam e que o mal não prevaleça!



perguntas para entender a guerra na Síria

assinem aqui a petição, eu sei que é um grão mas não custa nada!

4 comentários:

  1. Ai Mel... Tenho pensado muito nisto... e dói muito...
    hoje são eles... e amanhã podemos ser nós... neste mundo louco, que muitas vezes se esquece do que é realmente importante...
    Muitas vezes também faço por esquecer o que há de mau... dói muito... é uma forma de me proteger...
    Beijinho no ♥

    ResponderEliminar
  2. Sabes o que me inquieta no meio disto tudo? É que por mais petições que haja, não sei sei isso será suficiente para travar estas barbaridades todas que acontecem hoje em dia. Os poderosos, os que mandam, estão sossegados nas suas luxuosas casas. Não pensam nas pessoas reais que levam com os efeitos nefastos das decisões destas pessoas tiranas. Eu gostava de acreditar num amanhã melhor, mas tenho muitos "ses" em mente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pois eu percebo... também penso nisso....
      bjs Pimenta

      Eliminar